• image
  • image
  • image
  • image
  • image

Tradições

'O jongo é um patrimônio cultural do país, presente na região sudeste, predominantemente no Estado do Rio de Janeiro. Considerado um dos pais do samba, foi uma das maiores contribuições dos negros para a cultura do Brasil e influenciou a formação da música popular brasileira.'

'HISTÓRIA: o jongo ou caxambú, é um ritmo cujas matrizes vieram da região africana do Congo-Angola para o Brasil-Colônia com os negros de origem banto, trazidos como escravos para o trabalho forçado nas fazendas de café do Vale do Rio Paraíba, interior dos estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais e São Paulo. Os Bantos são membros da grande família etnolinguística dos negros chamados Angolas, Congos, Cambindas, Benguelas e Moçambiques e foram os primeiros escravos que chegaram no Brasil.' TEXTO EXTRAÍDO DO LIVRO DE Marcos André in 'Jongo do Quilombo São José'- Associação Brasil Mestiço - www.brasilmestico.org.br - brasil@brasilmestico.org.br

No VALE DO CAFÉ, como não poderia deixar de ser, as manifestações da grande TRADIÇÃO AFRO-BRASILEIRA se mostram vivas e encantadoras em suas inúmeras vertentes que podem ser apreciadas nas festas religiosas durante todo o ano, nas datas comemorativas e naturalmente durante o Carnaval. Recentemente, o Festival do Vale do Café tem contribuido, desde 2005, para a 're-descoberta' e divulgação dessa riqueza incomensurável da cultura brasileira e dos grupos fantásticos que se apresentam em geral no 'gran-finale', ao fechamento do Festival com o CORTEJO DAS TRADIÇÕES, composto pelas inúmeras organizações guardiães e referências históricas das tradições orais:

Jongo de Pinheiral, Jongo Caxambú Renascer de Vassouras, Jongo do Quilombo São José, Jongo de Barra do Piraí, Jongo de Caxoeira do Arrozal, Capoeira Arte Rasteira, Maculelê Abadá, Caninha Verde de Ferreiros, Itakalango, Êta Calango, Folia de Reis Estrela Guia, Folia de Reis Lázaro e Maria, Rezadeiras, Capoeira Libertação Negra e Calangueiros e Rezadeiras dos vários municípios e distritos da região do Vale.

Referências:
Centro Cultural da Fusve-Cecult Grupo de Jongo Caxambú Renascer de Vassouras:
Luiz Carlos e/ou Roselene:
(24)-2471-8676/9242-9624/9918-8285